“O capital humano é o maior valor de uma organização. Maximize seu programa de aproveitamento interno.”

Já imaginou estruturar todas as possibilidades de ascensão dentro da empresa? O Quadro de Acesso, Sucessão e Carreira é a forma mais tangível de oferecer perspectivas de crescimento aos colaboradores da organização e está intimamente relacionada com a motivação do ambiente de trabalho.

Quando a empresa mostra os critérios de crescimento e as possibilidades de ascensão caso atinja as metas, o funcionário é motivado e se torna responsável por buscar o conhecimento e desenvolver as competências necessárias que contribuirão de forma efetiva para a organização. É um ato de troca.

Para isso, é preciso estabelecer semelhanças entre cargos, considerando níveis de responsabilidades, exigências, formação e experiência com o objetivo de mapear o maior número de oportunidades de ascensão sob a ótica do desenvolvimento dos profissionais e da estruturação de políticas de aproveitamento interno.

O capital humano é o maior valor de uma organização. É o responsável pelo desenvolvimento, qualidade e gerenciamento dos produtos e serviços. Quanto mais perspectivas os colaboradores verem na empresa, mais capacitação eles buscarão. Quanto mais capacitados estiverem os seus funcionários, mais resultados positivos a organização obterá.

Processo de Desenvolvimento

  • Mapear as possibilidades de acessos entre os cargos, existentes em todos os níveis hierárquicos e departamentos.

  • Estabelecer as trilhas, nos sentidos horizontais, ampliando a multifuncionalidade e verticais através de promoções.

  • Construir matriz que estabeleça as conexões entre os cargos, considerando os múltiplos níveis de exigência e demais demandas de cada um deles, oportunizando a visualização das carreiras possíveis, oportunidades e possibilidades de planejar desenvolvimentos conforme interesses dos colaboradores e demandas da organização.

  • Apresentar a ferramenta aos gestores, destacando a importância da gestão de pessoas.

Benefícios

Satisfação do colaborador com as perspectivas de ascensão.
Estabelecimento de políticas de aproveitamento interno.
Maior capacitação dos profissionais, motivados pelo objetivo de desenvolvimento profissional.